Colunistas

Aprenda a gerenciar suas despesas como uma empresa

A eficiência financeira para uma pessoa natural é assimilada à prática de eficiência financeira que deve ser realizada em qualquer empresa.

Se as empresas querem mostrar bom comportamento em suas finanças corporativas, seus tesouros devem realizar algumas atividades como uma projeção de fluxos de caixa, com o objetivo de prever o comportamento futuro em termos de liquidez. Se a entidade administra transações em moeda estrangeira, é uma obrigação assumir posições de hedge, isto é, ir ao mercado de derivativos e celebrar contratos futuros, o que permitirá que você tenha certeza sobre os números futuros para a tomada correta de decisões.

A relação comercial com os bancos está emergindo como o principal aliado dos tesouros. Os produtos de coleta e colocação oferecidos pelos diferentes intermediários financeiros são constantemente demandados por essa área.

Em última análise, dependendo da maneira pela qual a empresa está endividada e de como ela investe seus recursos excedentes, a geração de valor corporativo é definida, o que, em última instância, é o objetivo máximo que, em termos de finanças corporativas, é pretendido.

FP recomenda: A importância do fluxo de caixa pessoal

Bem, para pessoas naturais A questão da eficiência financeira vai na mesma direção que para uma empresa. A pessoa deve projetar seu fluxo de caixa projetado, esta demonstração financeira é em que eles se relacionam receitas e despesas durante um determinado período.

A ideia é que esse fluxo de caixa seja projetado, ou seja, se o indivíduo estimar quais receitas e despesas serão obtidas em cada mês e mínimo por um ano, essa prática é muito útil, já que a pessoa pode saber se tem superávit ou sobra de dinheiro ou por outro lado, há uma escassez, ou seja, no primeiro cenário você poderia falar sobre um superávit (Receita maior que as despesas) e no segundo cenário você poderia falar sobre um déficit (Renda menor que as despesas) .

Se o resultado do fluxo emitir excesso de liquidez, seria ótimo se esses recursos fossem investidos eficientemente, conforme explicado abaixo.

Por outro lado, se você planeja viajar ou comprar mercadorias no exterior e está preocupado com o comportamento do dólar ou do euro, pode celebrar contratos a prazo (contratos a termo), esses tipos de contratos são celebrados sob as condições atuais, mas (Ativo financeiro no qual o contrato é celebrado, exemplo: dólares, barris de petróleo, encargos de café, etc.) é entregue em uma data futura, esse tipo de prática é realizada, com o objectivo de assegurar uma taxa de câmbio (preço em USD) e ter a tranquilidade de não estar exposto à volatilidade das moedas ou à volatilidade dos preços das commodities.

A boa gestão com os bancos também deve ser um fator-chave para os cidadãos comuns, pois eles devem entender muito bem como usar o crédito (tente obter a taxa mais baixa do mercado) e como investir suas economias ou excedentes (tente obter a taxa). maior mercado).

De fato, é aqui que os conceitos básicos da matemática financeira se tornam importantes, lembrando que essa disciplina é responsável pelo cálculo do valor do dinheiro ao longo do tempo e uma de suas principais variáveis ‚Äč‚Äčé a taxa de juros, que, podemos defini-lo como o custo incorrido usando o dinheiro de outras pessoas ao longo do tempo.

Portanto, é fundamental adquirir a capacidade de realizar equivalências de conversão ou de taxa de juros, o que permite ao colombiano realizar seus próprios cálculos e definir qual a melhor taxa de juros para ele, tanto para alternativas de investimento quanto para alternativas de financiamento.

Y quase é uma obrigação de praticar com frequência as compras do portfólio (Transferir dívidas de um banco para outro que cobra uma taxa mais baixa), o que nos permite reduzir as despesas financeiras de empréstimos ao consumidor ou cartões de crédito, favorecendo notavelmente o fluxo de caixa pessoal de que falamos anteriormente.

Este número de compras de carteira é quase a única oportunidade oferecida pelos bancos comerciais, para tentar encontrar eficiência financeira em termos de baixas taxas de juros, com base no fato de que, ao contrário, apesar do fato de que o Banco de la República começou a reduzir sua taxa de intervenção, a Superintendência Financeira aumentou a taxa de usura (taxa máxima permitida para coletar créditos).

Em conclusão, recomenda-se ao público em geral que dê uma olhada em suas finanças pessoais e revise os tópicos discutidos neste artigo, com o objetivo de tentar melhorar seu desempenho financeiro.

Empreendedor e professor universitário

maur539@hotmail.com

Publica√ß√Ķes Populares

Categoria Colunistas, Próximo Artigo

Filiais ou subsidiárias, o que é melhor?
Colunistas

Filiais ou subsidiárias, o que é melhor?

No que diz respeito aos impostos, o que pode ser mais ben√©fico? Expandindo atrav√©s de filiais ou atrav√©s de subsidi√°rias? Alejandro Viquez 9,3821 At√© 2012, para os investidores estrangeiros que escolheram ter presen√ßa legal na Col√īmbia para desenvolver suas atividades, geralmente incorporando um ramo foi a melhor alternativa, uma vez que permitiu a distribui√ß√£o de os servi√ßos p√ļblicos para o escrit√≥rio principal sem a necessidade de praticar reten√ß√£o na fonte para o imposto de renda, mesmo se el
Leia Mais
Vale a pena correr o risco, em vez de ter seguro?
Colunistas

Vale a pena correr o risco, em vez de ter seguro?

O melhor seguro é aquele que não é utilizado, pelo menos é isso que aqueles que vivem protegidos dos imprevistos que acontecem na vida acreditam. Quando nos falam sobre seguros, costumamos associá-los a uma despesa, muito mais quando eles agora fazem parte do portfólio de ofertas que eles continuamente nos enviam através do telefone e nas caixas dos hipermercados ou bancos.
Leia Mais
Todos nós temos um preço? Todos nós podemos ser Greenspan
Colunistas

Todos nós temos um preço? Todos nós podemos ser Greenspan

Vendo "Inside Job" lembrei-me das palavras de Fouch√©: "Todo homem tem seu pre√ßo: o que √© necess√°rio √© saber o que √©". Preparando um semin√°rio de √©tica econ√īmica, voltei a ver "Inside Job", um document√°rio que oferece uma interpreta√ß√£o particular da crise financeira de 2008, a origem da recess√£o econ√īmica que vive hoje no mundo ocidental e afeta o crescimento. da economia colombiana.
Leia Mais
Temos a copa do mundo e, com ela, a dor de cabeça do bolso
Colunistas

Temos a copa do mundo e, com ela, a dor de cabeça do bolso

A expectativa para o papel que a Sele√ß√£o Col√īmbia jogar√° durante a Copa de Futebol da Fifa gera todos os tipos de despesas, desde a camisa, preenchendo o √°lbum, at√© a compra de aparelhos de televis√£o, reuni√Ķes, reuni√Ķes e comida com os amigos. Com a participa√ß√£o da equipe colombiana na Copa do Mundo da R√ļssia, a partir de 14 de junho, todos os mecanismos de marketing foram ativados para nos fazer sentir como se estiv√©ssemos no est√°dio aqueles que n√£o t√™m a fortuna de ir com nossos recursos ou ga
Leia Mais